A Freguesia de Oliveirinha comemorou o 170º aniversário.

2019-05-03 09:00

A Junta de Freguesia comemorou a 170º aniversário.
O programa foi o seguinte: 20h45 - Receção aos concidados, 21h00 - Benção do autocarro da Junta de Freguesia, pelo Padre Hélder Ruivo, Pároco de Oliveirinha;
21h30 - Sessão Solene (auditório da Junta de Freguesia), com intervenções: Exmo Sr Presidente da Assembleia de Freguesia de Oliveirina, Exmo Sr. Presidente da Junta de Freguesia de Oliveirinha, Exmo Sr Presidente da Câmara Municipal de Aveiro. Engº Ribau Esteves.
22h00 - Exposição de Trabalhos de pintura do Atelier "Terapia das Cores" e do Espaço Sénior ao cuidado da formadora Carla Garrido, e exposição de trabalhos na área das manualidades, realizado no Espaço Sénior, supervisionados pela coordenadora Etelvina Santos.
22h15 - Cântico de Parabéns (convívio dos presentes) com bolo de aniversário.
O Presidente da Junta começou por agradecer ao Padre Hélder Ruivo a disponibilidade para realizar a cerimónia e justificou perante os presentes as razões que levaram o executico a adquirir o autocarro.
De seguida deu-se início às intervenções dos oradores, começando pelo Presidente da Assembleia de Freguesia, Armando Vieira, que falou sobretudo de assuntos de índole nacional e ao trabalho que a Associação que representa tem feito, em prol das freguesias.
Ouvimos depois a intervenção do Presidente da Junta, que cumprimentou os presentes e disse o seguinte:
“Em nome da Freguesia de Oliveirinha cumprimento-vos, agradeço a vossa presença, que garantidamente muito nos orgulha.
Neste dia em que a freguesia de Oliveirinha assinala o seu centésimo septuagécimo aniversário, importa comemorá-lo, porque a sua comemoração é a melhor forma de homenagear todos os que durante tantos anos deram o seu contributo para que a freguesia seja hoje o território onde a população gosta de viver.
Por isso hoje vou falar-vos de uma freguesia:
a) Que acorda com o cheiro de tostas acabadas de fazer,
b) Que se refresca com a água da Fonte de Nossa Senhora da Guia,
c) Que assiste semanalmente à pratica desportiva de 140 crianças,
d) Que vê na escola, nos escuteiros e na doutrina, o ensinamento de boas práticas,
e) Que observa na nossa oposição uma sã democracia,
f) Que vê no associativismo o pilar da nossa estrutura,
g) Que vê na Cultura a semente de um bom fruto,
Que vê nas nossas crianças a esperança no futuro,
Tanta coisa boa, não é?…
É por estas e por outras razões, que poderia enunciar, que tenho muito orgulho em a representar.
Mas padecemos de infermidades que são comuns no país em que vivemos:
Um acentuado envelhecimento da população, e consequentemente uma elevada taxa de mortalidade, e um vaga de emigração, factores que provocam uma diminuição da população, nomeadamente eleitora, encontrando-se hoje ao nível do ano de 2005.
É por isso necessário contrariar aquilo que parece, para alguns, uma inevitabilidade, continuando a incrementar uma política de fixação da população, mas mais do que isso é preciso criar polos de atractividade para cativar novos moradores, nomeadamente criando condições em termos de equipamentos de lazer, melhoramento da rede viária, e nesta área há tanto para fazer, ou a aposta no desenvolvimento da área industrial Eixo/Oliveirinha há tanto sonhada.
Mas se a rede viária, o emprego e os equipamentos lúdicos são fundamentais, não podemos esquecer o ensino, a saúde, e o desporto, mas sobretudo aquilo para que existimos, a melhoria da qualidade de vida das pessoas.
E é por isso que juntos, mesmo na especificidade de cada orgão autárquico temos procurado fazer o que podemos para atingir esse fim..
Na junta a sistematização de uma nova dinâmica na programação cultural, o apoio ao movimento associativo, a realização de serviços de proximidade como o atendimento social ou a prestação de serviços, a importância do sentido de comunidade e solidariedade com iniciativas como as caminhadas Solidárias, a Festa das Tasquinhas ou a dinamização do Espaço Sénior..
A Câmara na execução de obras tão importantes como aquela que pudemos inaugurar no final do ano transacto referente à reabilitação da Rua Conselheiro Arnaldo Vidal/Maritona, mas também num conjunto de decisões que certamente nos beneficiarão como a reabilitação das obras na nossa unidade de saúde, que esperamos que se possam iniciar em breve, no apoio à Junta de Freguesia para construção da nova Casa Mortuária no Cemitério de Oliveirinha, cujo projeto de arquitetura já existe, realizado pelo gabinete da nossa conterrânea, Sónia Cruz, aqui presente, à qual aproveito para agradecer, ou também à disponibilidade para estudar a possibilidade de construir um novo edifício de ensino, com qualidade, bem equipado, que possa ser uma mais valia para as crianças dos nossos jardins de infância e primeiro ciclo e que a acontecer se situará em terrenos anexos à atual Escola Castro Matoso ou ainda o futuro Armazém da Junta em local a definir.
Na área do desporto continuamos a aguardar boas notícias para a implantação do relvado sintético no Complexo Desportivo da Freguesia. Sendo impossível concretizar este projeto no imediato, desejamos que o mesmo se possa realizar no final da próxima época desportiva.
Mas nem só de obras vive a nossa Freguesia, e por isso aproveito a oportunidade para lhe agradecer o apoio e a confiança que em nós depositou e deposita para a realização de tanta coisa, desde as coisas mais insignificantes, às mais importantes, na qual destaco a manutenção para o presente ano do Contrato Interadmnistrativo de Delegação de Competências, fundamentais para a qualidade de vida das populações.
Já que estou em fase de agradecimentos, aproveito para agradecer o momento que o Lucas nos proporcionou e o qie a Daniela certamente nos irá proporcionar, aos nossos colaboradores de todos os dias, mas também ao José Carlos e à Carla, à Daniela Ferreira, à Etelvina Santos, à Carla Garrido, ao Manuel Firmino, por terem dado nova vida a um edifício centenário, mas sobretudo por estarem a proporcionar no Espaço Sénior, momentos tão agradáveis a tantos jovens com idade mais avançada, proporcionando-lhes dança, informática, manualidades, pintura e o teatro. Já a partir de amanhã estarão também abertas as inscrições para o exercício físico, ao cuidado da Profª Patrícia Costa.
A todos, e em particular aos habitantes da Freguesia, termino dizendo obrigado pela vossa colaboração, muitas vezes compreensão, e afirmar-vos que podem continuar a contar connosco, porque continuamos a querer fazer desta freguesia o melhor que conseguirmos, trabalhando para isso todos com o máximo empenho.”
Seguidamente ouviu-se a intervenção do Sr Presidente da Câmara Municipal, Ribau Esteves, que manifestou o empenho e a garantia de colaboração com o executivo local para que a Freguesia de Oliveirinha continue a ser uma excelente freguesia para se viver, destacando alguns investimentos para breve.
Entre as intervenções foi possível ouvir a declamações do Lucas, ex-aluno da escola Castro Matoso, bem como a canção da Daniela, ainda aluna da mesma escola e que acompanhou a sua interprertação com o acordeão.
A noite também foi útil para se verem os trabalhos do Espaço Sénior e do Atelier "Terapia das cores" a funcionar na Junta de Freguesia.
Finalmente encerraram-se as comemorações com o cântico de Parabéns e brinde à Junta de Freguesia.